Glossário de Palavras em Sânscrito

A

A: partícula negativa.
Abhaya: ausência de medo.
Abhaya Mudra: o gesto que afasta os temores.
Abhayapada: o passo corajoso do sábio.
Adhama: inferior.
Adhara: suporte, base.
Adhi: sobre, em cima.
Adhikara: qualificação.
Adhikari: aquele que têm a qualificação necessária.
Adho: para baixo.
Aham: eu.
Ahamkara: ego (noção do eu).
Airavata: Rei dos elefantes.
Ajna Chakra: 6º Chakra, significa mando, comando.
Akasa: espaço.
Amrtam: imortalidade ou o néctar da imortalidade.
Anahata Chakra: 4º Chakra, significa som místico.
Ananda: plenitude.
Ananta: sem fim, eternidade.
Anga: disciplinas secundárias, membro ou parte de um corpo.
Angi: corpo, aquele que possui membros.
Antah-karana: instrumento interno de conhecimento.
Antara: estar dentro.
Anuloma: ordem natural.
Apah: água.
Apana: o prana do Muladhara Chakra encarregado da eliminação.
Ardha: meia, metade.
Artha: objetos e também objetivo.
Asanas: posturas.
Ashtanga: oito membros (astha = oito, anga =membros).
Asuras: demônios.
Asva: cavalo.
Ati: acima.
Atma-jnana: o conhecimento do Ser (Atma = eu, o Ser, jnana = conhecimento).
Avyakta: nuvem original de energia e matéria indiferenciada,não manifesto.

B

Bahya-karana: instrumentos externos de conhecimento e ação (bahya = externo, karana = instrumento).
Baddha: retido, preso.
Bhadram: prosperidade.
Bahya: suspender a respiração após a expiração.
Bandha: apertado, corrente, nó, preso, amarrado.
Bhava: atitude, temperamento, disposição mental, inclinação.
Bhedana: dividido, alternado.
Bija: semente.
Brahma: o criador da trindade Hindu.
Brahman: o Absoluto.
Brahma-Dvara: porta de Brahma (Criador da trindade Hindu).
Buddhi: intelecto.

C

Chakras: roda, centros de energia com características da personalidade.
Chakshu: olho.
Chit: consciência.
Chittam: memória.

D

Dakini: Senhora das lanças brilhantes.
Dakshina Tantra: Tantra da mão direita.
Damaru: tambor.
Danda: cajado, vara, bastão.
Danta: dente.
Darshana: visão.
Dattatreya: três rostos (representando Brahma, Vishnu e Shiva).
Daya: compaixão.
Deha: corpo.
Devadatta: dado por Deus.
Devas: deuses.
Devata: deidade.
Dhananjaya: conquistador de riqueza.
Dharana: concentração.
Dhatus: elementos constituintes ou ingredientes essenciais do corpo humano.
Dhrti: firmeza.
Durga: a difícil de ser alcançada, a que não se curva para ninguém.
Dhyana: meditação.
Dvandvatitha: além dos opostos (dvandva = opostos, atitha = além de).

G

Gada: maça de guerra.
Gaja: elefante.
Gajanana: que tem cara de elefante.
Ganesha: Senhor de todos os seres.
Garuda: águia, veículo de Vishnu.
Ghi: manteiga clarificada no fogo.
Go: vaca.
Govinda: que cuida das vacas ou das escrituras (Krshna).
Granthi: nó.
Gunas: características.
Guru: mestre, (aquele que elimina a ignorância).

H

Hala: arado.
Hansa: cisne ou pássaro mitológico.
Hari: salvador.
Hasta: mão.
Hatha: força.
Himalaya: morada da neve.

I

Iccha: vontade.
Ida: canal que vai contornando todos os Chakras desde o testículo direito até a narina esquerda.
Indra: o Senhor dos Deuses.
Indriyas: instrumentos externos de conhecimento e ação.
Ishta Devata: Deus pessoal.
Ishvara: corpo total, o Senhor (Deus pessoal).

J

Jagrat: estado de vigília.
Jala: água.
Janu: joelho.
Jathara: estômago, abdome.
Jihva: língua.
Jiva: o indivíduo; corpo individual, aquele que está identificado com o corpo, a mente e com o intelecto.
Jnana: conhecimento.
Jnana-indriyas: órgãos de percepção.

K

Kailasa: pico mais alto dos Himalaias, residência de Shiva.
Kaka: corvo.
Kakini: a sempre existente.
Kali: a negra.
Kapota: pombo.
Kama: desejo.
Kamandalu: cabaça, o pote do Sannyasi.
Kapala: crânio, cabeça.
Karana: causal.
Karma-indriyas: órgãos de ação.
Karttikeya: filho de Shiva e Parvati que foi cuidado pelas Krttikas.
É conhecido como deus da guerra e irmão de Ganesha.
Kesha: cabelo.
Khadga: espada.
Khatvanga: cajado encimado por uma caveira.
Kona: ângulo.
Kosha: invólucro, bainha.
Krttikas: as plêiades (estrelas da constelação).
Kriyas: ação, exercícios de limpeza dos condutos sutis de energia (Nadis).
Krkara: pássaro.
Krodha: raiva
Krshna Saranga: antílope negro.
Kumbha: pote.
Kurma: tartaruga.

L

Lakini: a benfeitora de todos.
Lobha: cobiça.

M

Mada: arrogância.
Madhyama: meio.
Manduka: sapo.
Mahabhutas: os cinco elementos perceptíveis que constituem a criação.
Mahadeva: o grande Deus.
Mahamaya: a grande ilusão.
Mamakara: noção do meu.
Mananam: refletir sobre o ensinamento.
Manas: mente.
Manasa-puja: culto mental.
Mandala: círculo, diagrama dotado de profundo simbolismo.
Mandir: templo.
Mangalam: auspiciosidade.
Manipura Chakra: 3º Chakra, que significa cidade das jóias.
Matsarya: inveja.
Matsya: peixe.
Maya Shakti: poder da criação.
Maya: ilusão.
Mayura: pavão.
Merudanda: coluna vertebral.
Mitratvam: amizade.
Modaka: doce.
Moha: ilusão.
Mohini: filha da ilusão.
Moksa: liberação.
Mukha: boca, face.
Mukta-triveni: lugar da junção de três (Nadis) para a liberação.
Mula: base, raiz.
Muladhara: 1º Chakra que significa básico ou raiz.
Murali: flauta de Krshna.

N

Nabhi: umbigo.
Nabhi Chakra: círculo do umbigo.
Nadichakras: gânglios ou plexos existentes nos corpos grosso, sutil e causal.
Nadikas: pequenos condutos aonde circula a energia vital.
Nadis: canais através dos quais circula a energia vital.
Naga: serpente.
Nakha: unha.
Namaskara: saudações com as mãos unidas na frete do peito.
Namaste: saudações a você.
Nandi: touro, representa Jiva (o indivíduo), sempre perto e com saudade do Atma (Eu).
Nauka: barco.
Niralamba: sem suporte. 
Niyama: disciplinas específicas para a purificação do estudante.

P

Pada: sílabas, pé.
Padma: lótus.
Pancha-prana: cinco pranas.
Panchikaranam: processo através do qual os elementos sutis vão se grossificando.
Parashu: machado.
Parivartana: virado.
Parsva: lateral do corpo.
Pashchimottana: grande estiramento posterior.
Pavana: vento, ar.
Pingala: canal que vai contornando todos os Chakras desde o testículo esquerdo até a narina direita.
Prajna: ignorante.
Prakrti: natureza, matéria perecível.
Pramoda: alegria.
Prana: energia sutil.
Pranayama: disciplina da respiração para a harmonia da energia sutil ou vital.
Prasada: presente.
Prasarita: esticado.
Pratyahara: abstração dos sentidos.
Pratyaya: pensamentos, cognição.
Preman, Prema: amor.
Prthivi: terra.
Puraka: pulmão cheio (inspiração).
Purnam: plenitude.
Purusha: ser.
Puroshottama: o mais alto Ser.
Purva : anterior.
Purvottana: grande estiramento anterior.
Pushpa: flor.

R

Rajas: ação, movimento, atividade.
Rajju: corda.
Rshis: sábios.
Rudra: um aspecto de Shiva, que é considerado o devorador do poder cósmico.
Rudraksha: “olhos de Shiva”. Semente de uma determinada árvore com que se faz um colar.

S

Shabda: som.
Shabda-prapanca: mundo do som.
Sadhaka: buscador.
Sadhana: disciplina.
Sadhya: objetivo.
Sah: ele.
Sahasrara: lótus de mil pétalas.
Salambha: com suporte.
Samadhi: absorção mental, quando se reconhece que não há diferença entre a criatura a criação e o Criador.
Samana: o prana do Manipura Chakra encarregado da assimilação.
Samatvam: capacidade de estar sempre o mesmo, tranqüilo.
Sanmukha: que tem seis faces (cinco órgãos de percepção e a mente). Nome que é dado a Karttikeya.
Sannyasa: renúncia.
Sannyasi: renunciante.
Sarasvati: Deusa do conhecimento e das artes, esposa de Brahma.
Sarva: todo.
Sarvanga: todos os membros do corpo.
Sat: existência.
Sattva: tranqüilidade, conhecimento, clareza, pureza.
Satyam: verdade.
Shalabha: gafanhoto.
Shankha: concha.
Shariram: corpo, veículo de manifestação do indivíduo.
Shakti: poder, energia, força.
Shama: disciplina mental.
Shanti: paz.
Shasha: coelho.
Shastras: escrituras.
Shava: cadáver.
Shodhana: purificação.
Shraddha: fé.
Shravanam: escutar o ensinamento.
Simha: leão, veículo de Durga.
Snayu: músculos.
Sneha: apego.
Sthiti: estabilidade.
Sthula: grosso.
Sukshma: sutil.
Supta: dormindo, deitado.
Shula: lança.
Sukham: felicidade.
Sushumna: canal central, que parte do Muladhara e sobe até o Sahasrara atravessando todos os Chakras.
Sushupti: estado de sono.
Svadhisthana: 2º Chakra que significa suporte do sopro da vida.
Svapna: estado de sonho.
Svasthya: tranqüilidade, paz.
Svast:i boa sorte.
Svayambhu: auto-existente.

T

Tada: montanha.
Taijasa: luminoso.
Tamas: inércia, ausência de atividade e clareza mental.
Tanmatras: elementos sutis originais.
Tantra: governar, controlar, manter através de disciplina.
Tara: estrela.
Tattva: elemento.
Tejas: fogo.
Tola: balança.
Trigunatmika: possui três características.
Trikona: triângulo
Tvak: pele

U

Udana: o prana do Visuddha Cakra encarregado da ação inversa.
Upavish: sentar.
Urabhra: carneiro.
Urdhva: para cima.
Utkata: poderoso.
Uttha: levantar.
Uttama: superior.
Uttana: grande esticada.
Utthita: levantado.

V

Vahana: veículo.
Vaikuntha: céu.
Vajra: raio.
Vakra: dobrado.
Vakya: frases.
Vama: lado esquerdo.
Vama Tantra: Tantra da mão esquerda.
Vara Mudra: o gesto que concede a graça.
Varna: letras, cor, classificação.
Vayu: ar, forma cósmica da energia sutil, aquele que se move por toda parte.
Vidyarambha: início do conhecimento, dia da iluminação.
Vikshepa Shakti: o poder de projetar, criar.
Viloma: ordem invertida.
Viparita: ao contrário.
Vira: herói.
Virabhadra: herói criado pelos cabelos de Shiva.
Vishnu: O preservador da trindade Hindu.
Vishvarupa: forma total, múltipla.
Vishuddha: 5º Chakra que significa grande pureza.
Vishva: aquele que é total.
Viveka: discernimento.
Vrksha: árvore.
Vrtti: pensamento, movimento da mente.
Vyaghra: tigre (veículo de Durga).
Vyakta: manifesto.
Vyana: o Prana do Svadhisthana Chakra encarregado da distribuição.
Vyasa: sábio que compilou os Vedas e escreveu o Mahabharata.

Y

Yama: disciplinas éticas.
Yantra: forma geométrica.
Yoga: unir, direcionar, concentrar, preparar, disciplina.
Yoni: triângulo de cabeça para baixo que representa o sexo feminino e a Shakti.
Yukta-Triveni: lugar da junção de três (Nadis) para a liberação.

 

Rua Santa Clara, 98 Cob. 01, Copacabana - RJ - Tel: (21) 2549-1707